Escolha uma Página

Aprenda como fazer uma campanha de email marketing de forma bem simples e intuitiva, o que vou te passar neste artigo é uma visão geral de tudo que você precisa saber para começar e com o tempo vamos nos aprofundando mais em cada ponto, mas por enquanto para te dar uma visão geral vamos pelo básico.

Não esquecendo, claro, que para que tudo isso funcione você precisa ter uma ferramenta para enviar os emails e mensurar or resultados, para isso eu indico o e-goi que é muito bom além de ser totalmente em português e ter suporte aqui no Brasil o que facilita muito a vida.

Planejamento

Nada sem planejamento funciona corretamente e terá o resultado esperado, por isso dedique algumas horas para esta fase tão crucial, neste momento é preciso definir o objetivo da campanha e como chegar até ele, pode ser gerar maior interação com sua marca ou produto, venda, cadastro, pedidos de orçamento, participação de eventos… as possibilidades são infinitas, o importante é não querer ficar mandando catálogos de produtos e preços, isso é tão arcaico que é automaticamente ignorado pelos leitores

Depois de definindo seu objetivo defina seu público alvo, sua campanha deve ser o mais pessoal possível, se vai falar com um grande grupo de pessoas, homens e mulheres, de 20 a 60 anos, das classes A B C D E numa mesma campanha você acaba não falando com ninguém e mesmo que atinja um grande número de pessoas terá resultados ínfimos. por isso divida seu público alvo em grupos menores e planeje os emails para cada grupo de forma a garantir maior aceitação, por exemplo, uma campanha para mulheres de 30 a 35 anos será diferente de uma para homens da mesma faixa etária.

Defina também qual será sua estratégia para conseguir novos emails, evite listas compradas e se o fizer crie um filtro para saber quais destes estão ativos e têm interesse de receber seu conteúdo, se perceber que os emails não estão sendo abertos, desvincule este email, é melhor não gastar energia com emails comprados já para evitar ser considerado como spam o que pode ser terrível para sua ação.

finalmente planeje o conteúdo que entregará por email, isso mesmo, CONTEÚDO. Todos os dias somos bombardeados com milhares de mails e não temos tempo nem disposição para ver todos, abrimos somente os mais interessantes e que nos chamam a atenção e, como já disse a algumas linhas acima, enviar um email apenas com foto de produto e preço com botão “compre agora” é a receita certa de ser jogado pra caixa de spam, seja criativo, escreva de forma pessoal e use títulos chamativos no assunto das mensagens

Aplicação

Agora é hora de por a mão na massa, configurar cada email marketing dentro do sue layout personalizado e fazer os links com controle de informação para mensurar todos os resultados, mas primeiro vamos falar sobre os emails. É possível começar om uma lista comprada de emails, embora esta não seja a situação mais indicada já que muitos desses emails podem não funcionar principalmente por que não sabemos o interesse dos donos destes emails, mas se você já tem essa base, não tem porquê não testar, porém muito provavelmente você não tem nenhuma base então iremos começar uma criando uma página para capturar emails, a chamada landing page

Desenvolva sua landing page

A melhor forma de conseguir e-mails consistentes, interessados no seu nicho e com maior chance de conversão é por você mesmo. Uma landing page é uma página especializada com um único objetivo: convencer quem está vendo a tomar uma ação, que no nosso caso é se cadastrar na sua lista de e-mails, existem vários modelos e a página perfeita depende muito de quem é seu público alvo, mas aqui vão algumas dicas pra você ficar mais perto da landing page perfeita:

  • Peça somente o e-mail, não se preocupe com nome, idade ou gênero. Faça isso para ser o mais simples possível num segundo momento podemos solicitar nome, curtir nas redes sociais, ou qualquer coisa que seja pertinente pra você, nesse primeiro momento o importante é garantir o cadastro e quanto mais campos tiver menor será a taxa desucesso.
  • Seja simples e vá direto ao ponto. Use um título chamativo bem chamativo com o formulário logo abaixo, nada de rodeios nem textos longos, passe sua mensagem com o mínimo de palavras, textos longos, fundos com muitas fotos, efeitos desnecessários irão distrair o visitante e a cada segundo perdido serão menos inscrições.
  • Deixe as informações mais importantes acima da dobra da página. Dobra da página é uma linha imaginária que separa o que o visitante vê no site antes de ter que rolar, tudo que está além disso, está abaixo da dobra da página e se sua mensagem não for bem entendida nessa parte, muitos não irão nem rolar pra ver mais
  • Use um texto instigante no botão, nunca use “enviar”, “entrar”, “cadastrar” ou coisas do gênero. Prefira palavras que tenham um tom de que está ganhando alguma coisa, tipo “participe!”, “Aproveite!”, “Quero fazer parte” e assim por diante e use no máximo uma exclamação (!) mais do que isso dá um tom exagerado, negativo.
  • Dê algo em troca. Landing pages que oferecem algum brinde pelo cadastro tem 90% mais chances de conseguir o cadastro, as pessoas gostam de ganhar coisas e não precisa ser nada físico, pode ser um e-book ou um vídeo que ensina algo de interesse do seu público, por isso a importância de conhecer bem quem é seu público alvo.

Escreva seus e-mails

Cada e-mail que você manda pra sua lista tem que ser como uma guloseima, algo que a pessoa vai gostar de receber, no nosso caso, o melhor docinho que podemos entregar é conteúdo relevante. Use seus primeiros e-mails com conteúdo que instigue a curiosidade de quem vai ler, use um assunto que ative a curiosidade, um corpo curto, com poucas ou nenhuma imagem que instigue ainda mais a clicar num link a fim de levar a uma página de conteúdo, que, além de servir para medir a conversão e engajamento, também gera tráfego para seu site.

Defina controles de metas

Aqui me refiro o que começamos a falar no tópico anterior, você precisa mensurar tudo que for possível e para isso precisamos de um aplicativo do tipo E-goi para mensurar taxa de recebimento, abertura, aberturas únicas, emails perdidos (bounce) descadastramentos e ainda criar os seus próprios, saber quem clicou no link do seu email, quantos foram, se clicaram mais de uma vez e o que for relevante para seu negócio.

Configure em que momento cada e-mail será enviado bem como suas regras

Você não terá apenas emails de conteúdo e de venda, existirão vários e-mails que serão disparados em situações especiais, pra entender isso, vamos supor que você enviou um email muito importante com uma oportunidade única, mas seu inscrito não abriu, sabendo disso você pode configurar um email de lembrete para o caso desse email não ter sido aberto em 24 horas, por exemplo. Isso parece muito difícil de se controlar, mas numa ferramenta como o e-goi isso é feito de forma automática, você configura uma vez e fica valendo até ser modificado. Vamos citar alguns exemplos de tipo de e-mail que teremos:

  • De conteúdo que pode ser configurado pra ser enviado em determinado número de dias após o cadastro, isso cria uma sequência de emails.
  • De promoção para quando oferecer seu produto ou serviço.
  • De lembrete da promoção para quando o email de promoção não for aberto em um dado período de tempo.
  • De agradecimento para quando o assinante comprar seu produto ou serviço ou se tomou alguma ação pedida por você.

Para conseguir todos estes recursos é fundamental usar um sistema de mailing eu uso e indico o e-goi. Claro que você pode usar o sistema da sua preferência. Toda essa fase de aplicação pode ser um processo muito difícil ou não, tudo depende do seu planejamento mas é muito fundamental uma boa construção para conseguirmos fazer a fase seguinte.

Analise de resultados e novos testes

Assim que sua campanha começa ao rodar, caso tenha feito todo planejamento e esteja coletando o máximo de informação, teremos os dados de como a campanha se comporta de forma geral, se traz bom resultado ou não, quais são os emails mais abertos, mais clicados e assim por diante, com isso poderemos sempre aprimorar a estratégia adotada e corrigir os pontos fracos com mais facilidade, veja se aumentar ou diminuir a frequência dos emails melhorará sua conversão, mude ou remova os emails que não são abertos, use os melhores emails para dar ideia de novos e melhores emails, faça testes AB (é quando comparamos uma variante para perceber qual o melhor resultado).

Tão importante quando vender é entender o que está acontecendo, baixe todos os dados conseguidos e analise de forma criteriosa e com desprendimento tudo o que está acontecendo com sua campanha. Perceba a aceitação do seu público sobre seu conteúdo, peça mais informações para perceber se sua campanha está atingindo seu público alvo e sempre esteja disposto a rever o plano para melhorar o resultado

Agora chegando ao fim deste artigo espero ter respondido várias perguntas, mas tenho certeza que surgirão muitas outras, por isso se ficou alguma dúvida comente aqui embaixo que responderei, sua pergunta pode dar ideia de um novo artigo.

Até.