Escolha uma Página

Muito se fala de e-commerce principalmente porque surgem inúmeras notícias mostrando que o comércio eletrônico só cresce contrariando este difícil período. Realmente o comércio pela internet vem crescendo muito nos últimos anos e isso se deve a vários fatores como, por exemplo, o mercado de internet no Brasil ainda é pequeno e tem muito a expandir ainda.

Então você deseja entrar neste incrível mundo de vendas online mas não sabe como criar uma loja virtual? Hoje em dia é muito fácil conseguir vender pela internet, mas antes de tudo preciso derrubar um mito: não existe loja virtual grátis. Com a cultura de sites grátis e sistemas de loja Open Source criou-se esse pensamento de “all free”, mas como diz o ditado, “Não existe almoço grátis”. Mesmo você fazendo tudo e usando um sistema gratuito haverá custos secundários ou taxas embutidas nas suas vendas, então já saiba disso: quem tenta te vender uma “ferramenta 100% gratuita” na verdade está escondendo a forma de cobrança em outros meios como uma taxa por cada venda, ou divulgando produtos de terceiros em sua página. Por isso não caia nessa e crie uma loja virtual profissional.

Eu crio lojas virtuais em Magento (com foco no design) e em todos estes anos o que mais vi foram lojas com um período de vida muito curto. O que percebi é que geralmente estas empresas ou pessoas não estavam realmente preparadas pra encarar essa empreitada, então, baseado em minha experiência venho trazer estas cinco dicas de como criar uma loja virtual de forma sustentável

Dica 1: Antes de tudo pesquise bastante

xadrez

“Preciso vender pela internet… vou ver aqui um tutorial de como criar uma loja virtual e pronto! To vendendo!” – só que não.

Antes de iniciar uma empreitada de construir uma loja virtual responda estas perguntas que definirão se terá sucesso. Tenha em mente o tipo de produto que deseja vender ou até alguns produtos bem específicos e verifique o seguinte:

Este produto tem muita procura? Através da ferramenta do Google Adsense é possível verificar se as palavras chaves relacionadas ao seu produto tem muitos lances e se é concorrido. Este é um sinal de que ele seja lucrativo na internet, afinal outras empresas não fariam investimentos altos em produtos que não vendem

Existe uma boa concorrência na internet? Vamos ser francos você não inventou a roda assim como não foi o primeiro a pensar em ter um e-commerce, encontrar e saber quem é sua concorrência na internet é um bom sinal de que existe um ecossistema de vendas para seu negócio. Para você, a presença de concorrência é um bom sinal.

Qual o preço médio na Internet? Aqui está um grande passo para saber se você terá lucro rápido ou se precisará investir por um longo tempo antes de ter algum retorno. É fato que existe um grande mercado, mas também existem grandes empresas, o que pode trazer preços não muito interessantes pra quem quer iniciar, seja porque você não tem margem ou porque o lucro vai embora com as vendas a prazo no cartão. Não quero ser chato, mas como ter uma loja virtual pode ser tão difícil quanto como ter uma loja física, mesmo que o custo seja menor é preciso avaliar seu mercado e talvez focar em um nicho antes de partir para mercados maiores, o que nos leva a próxima pergunta

Consegue identificar nichos mais fáceis de atacar? Resumindo nicho é uma fatia especializada do mercado, na internet existe uma infinidade de nichos, o grande segredo pra quem está iniciando é não atacar todo o mercado de uma só vez, mas sim identificar uma parcela de possíveis clientes que estão meio deixados de lado pelos concorrentes. Essa pode ser sua porta de entrada no mercado: Identifique possíveis nichos de entrada e vá expandindo lateralmente.

Quanto tempo tem para se dedicar a sua loja? Existe o pensamento que basta abrir uma loja, colocar uns produtos e pronto, a loja vai fazer o resto. Mas diferente do que sonhamos a realidade é que existe muito trabalho a ser feito dentro de uma loja virtual, monitoramento, atendimento, logística e marketing são os mais evidentes, caso não tenha um número de horas diárias pra se dedicar a sua loja, a engrenagem não vai rodar.

Dica 2: Foque no cliente, não no produto

xadrez2

Perguntas respondidas com resultado positivo é hora pensar no que realmente importa, seu cliente. Você precisa ser uma solução para as pessoas, foque no que seus clientes, foque nos seus desejos, suas “dores”. Foque no que seu cliente quer de verdade e vá além de um perfume ou uma calça. O que o consumidor quer é se sentir bem, resolver um problema ou se divertir e isso vai além de dizer que a camisa está com 40% de desconto, mas sim como vai se sentir.

Um bom exercício para isso é criar sua “persona”, um tipo de cliente ideal, aquela pessoa que vai entrar na sua loja e comprar de você com toda certeza e ficar muito satisfeito, mas seja bem honesto consigo mesmo pra não cair na armadilha de achar que seu produto é perfeito pra todo mundo, este assunto de persona merece um artigo totalmente dedicado, que conforme o andamento virá em breve.

Dica 3: Marketing é a alma do negócio

mark-516277_1280

“Ronaldo não to entendendo, eu quero saber como criar uma loja virtual, não como divulgar…” Sim, mas pra se pensar em criar uma loja virtual você precisa de planejamento, e isso passa pela sua estratégia de marketing, ignorar essa parte é o primeiro passo para o fracasso.

Parece óbvio, mas é impressionante como parece ser difícil fazer ao menos uma publicação no Facebook todos os dias durante um longo período. Digo isso pelo número de pessoas que começam com essa intenção e param em menos de uma semana ou duas. O que dizer então de trabalhar campanhas de remarketing, e-mail marketing, engajamento, promoções sazonais, otimização de SEO, funil de vendas e por aí vai.

Leve muito a sério o marketing da sua loja, afinal nenhum e-commerce se sustenta sem vendas e pra vender é preciso divulgar. Claro que não to aqui dizendo pra gastar rios de dinheiro com propaganda, hoje na internet existem ferramentas fantásticas com um preço muito acessível. O importante é ter um valor mensal com marketing e propaganda.

Sem anúncios sua loja passará por longos tempos de inatividade, não dá pra esperar passivamente que os clientes venham até você, é preciso tomar as rédeas e se fazer presente nas mídias sociais e nas redes de display de anúncios, um artigo sobre isso virá em breve, com certeza

Dica 4: Tenha um bom design

design

A aparência da sua loja é extremamente importante para convencer seu visitante de que está em uma loja séria, um bom design pode aumentar muito a confiança e a percepção positiva em no primeiro momento, o que vai acelerar muito o processo de vendas.

Nos dias de hoje é imprescindível que seu layout seja responsivo, ou seja, que seja adaptável a qualquer aparelho móvel e que seja de fácil navegação, onde o visitante já encontre o que procura de “bate-pronto” e ainda não esquecendo que ela não pode demorar muito pra carregar, se sua loja não apresentar alguma informação em até oito segundos, a chance de permanência cai muito, então tenha em mente estes três pontos: Bom Design para ser atraente e transmitir confiança, Responsivo para ser relevante em celulares e tablets, de fácil navegação pra não deixar o visitante confuso e leve para que tenha uma resposta rápida.

Dica 5: Não conte com vendas imediatamente

girl-1064658_640

Estranho? Você gasta uma grana com instalação, design, propaganda, perde um tempo incluindo produtos, publica a loja e finalmente com a loja no ar… Nada de vendas. nenhuma venda nos primeiros dias ou semanas. Na fase inicial da sua loja é preciso estar preparado pra esse inconveniente problema.

Claro que um longo período sem vendas não é normal, mas acontece, principalmente para vendedores iniciantes que não tem o tato para vendas online então como criar uma loja virtual é um processo, a venda também é. Para muitos é preciso aprender como vender pela internet muito mais do que como criar uma loja virtual.

É preciso entender que existe um delay na venda, entender aqui o ciclo de seus clientes, onde conhecem sua loja, conhecem seus produtos, pesquisam e só depois compram, muitos apenas entram vêem o produto e vão embora sem fazer mais nada, aqui é onde se percebe a importância do remarketing para trazer esse visitante a sua loja novamente e não deixá-lo esquecer de você, esse processo pode levar dias, semanas e, dependendo do cliente e de seu produto, meses.

Então não se desespere se sua loja não começar a vender imediatamente, fazendo um bom trabalho com um bom preço e valor as vendas irão acontecer, na verdade se vier uma enxurrada de vendas logo nos primeiros dias, comece a se preocupar porque tem algo de muito errado acontecendo.

Esteja preparado para este delay nas vendas, tenha certeza de que está prestando toda a atenção aos visitantes, entregando todas as informações e fazendo um bom trabalho, que o resultado virá.

Bônus dica 6: Monitore sua loja incansavelmente

logodesign-1076200_640

Aqui vai uma dica bônus que amarra tudo que foi dito até agora, tenha em mente que o mercado está em constante mudança e que tudo pode ser aperfeiçoado, por isso monitore todos os resultados que conseguir da sua loja, que produtos são mais visitados, quais são colocados no carrinho, verifique se seu frete não está muito caro, atenção no prazo de entrega, faça testes A/B, preste atenção o que falam nas redes sociais esteja atento a sites de pesquisa de preço e qualidade, fique de olho na concorrência.

Com essas dicas você verá como criar uma loja virtual apesar de não ser um processo simples é possível e pode garantir um novo norte para seu negócio e sua vida, não se limite apenas com este conteúdo, procure saber mais sobre teste A/B Ferramentas de pesquisa como o Google Analytics, intere-se mais sobre SEO, como fazer campanhas na internet, funil de vendas, mercado de nichos, mas o mais importante não seja precipitado e se errar, o que é muito provável, não se abata, aprenda com os erros e bola pra frente porque provavelmente você vai errar bastante antes de conseguir um negócio que renda mais de 200 mil por mês, mas apesar de não ser fácil é possível.

Um abraço e até a próxima.