Vai abrir uma loja Magento? Então veja aqui alguns exemplos de lojas que você não deve seguir.

Loja Deus dará

Deus dará

“Fiz tudo direitinho, contratei designer, programador, li todos os livros de Magento, cadastrei meus produtos, configurei a entrega, pagamento, fale conosco… Ta tudo redondinho. Agora só falta os clientes entrarem e comprar. É fácil! Meus produtos tão mais baratos que todo mundo. Divulgação? Propaganda? Não preciso disso. O Google vai indexar minhas páginas, então todo mundo vai comprar de mim, vou vender pra caramba! E ainda vou ficar postando no Facebook pros meus amigos divulgarem, vai ser moleza!” Essa é uma autêntica loja Deus dará.

Loja Ilha da fantasia

É aquele empreendedor que não consegue botar os pés no chão e a mão na massa, está preso na ilha fantasias onde todas as coisas acontecem ao seu favor sem que tenha que se esforçar e quando algum amigo tenta alertá-lo que as coisas não são tão fáceis assim ele se tranca ainda mais na sua fantasia perfeita.

Loja Batcaverna

batnerd

“Milha loja é super equipada, super moderna, super especial…” exageradamente cheia de efeitos de animação nos produtos, menus saltando de todos os lados, botões que somem e aparecem, um super batSlideshow que só falta fazer malabarismo. Mas está tão escondida e quando acha fica perdido no meio de tantos recursos “tecnológicos” onde só mesmo sendo o Batman pra se entender e acaba se frustrando porque não consegue fazer nada.

Não se engane, o mais simples geralmente é o que mais funciona, você não está fazendo um site de jogos ou um blog de tecnologia, mas sim uma loja que a principal função é fazer seu público encontrar aquilo que ela quer comprar, planeje bem sua loja.

Loja Frankenstein

frankenstein-aprova

Também poderia se chamar a loja do “jeitinho brasileiro”, também é muito comum, o cara quer economizar em tudo então escolhe uma hospedagem que leu em um artigo que é boa e barata, instala a loja por um tutorial, baixa aquele template super batido e vai remendando a loja como pode, quando uma parte dá problema procura um tutorial pra ver se resolve e vai remendando como pode.

E no final das contas não se dedica a aquilo que é realmente importante, gerenciar a loja e cuidar das vendas e atendimento. São muito fáceis de reconhecer, não tem uma aparência profissional e sempre dão algum problema.

Loja Espelho Meu

espelho

“Eu mesmo vou fazer o tema, sou o melhor e mais qualificado, afinal eu entendo de design e sou muito bom nisso, não tem ninguém melhor do que eu para isso” e fica admirado de sua obra, pensa se existiria alguma loja mais bonita que a sua e volta a modificar, não consegue sair do projeto porque ela tem que ser “a mais bela”.

Não tem nada de errado em você mesmo fazer o tema de sua loja, mais saiba que o mais importante é uma loja que vende. Loja apenas para ser bonita não é loja.

Loja Platônica

Idealiza a loja perfeita apenas na sua imaginação, não consegue forçar em prazos ou fazer aquilo que é viável para um início de projeto, desvia facilmente do rumo que toma e acaba dando voltas sem alcançar resultados concretos.

Loja Caverna do Dragão

mata-a-uni

A história de um empreendedor que iniciou um projeto de loja virtual Magento e nunca terminou. Conheço muita gente assim, tenho até medo, registra o domínio, contrata hospedagem, monta a loja, contrata designer, instala uns módulos, mas quando vai finalmente publicar acontece “dá ruim” e começa tudo de novo e de novo e de novo…

Comente aqui o que você achou deste artigo. Aproveite e curta minha página no Facebook para receber estes e novos artigos e mais conteúdo exclusivo que estou preparando.

Um abraço e até a próxima.