Escolha uma Página

Se você está querendo ganhar uma renda extra vendendo produtos ou serviços pela web e não faz ideia de onde começar, ler este pequeno artigo pode te dar uma direção.

Mais de dez anos já se passaram desenvolvendo pela internet como freelancer e, com certeza, posso dizer que já vi quase todo tipo de negócio fechar. Seja por mal administração focando no que não era importante ou pelo timing do negócio, a verdade é que infelizmente mais da metade dos projetos que já participei não tiveram continuidade. Dito isso eu quero direcionar os iniciantes como alguém que viu essas ideias nascerem, brigarem e chegar ao fim.

Apesar dessas palavras pesadas não quero desanimar você, caro leitor que pensa em iniciar seu negócio pela internet. Na verdade, eu quero expressar um pouco do que vi e acredito que tenham sido os erros cometidos pela maioria dessas lojas. Então vamos começar do começo…

Quem é você na fila do pão?

Expressão usada pra fazer você se indagar quem você é no meio dessa multidão, pra começar vender produtos e serviços na internet eu aconselho fortemente que você entenda e aceite quem você vai se tornar e o que você quer com seu negócio.

A partir do momento que você começar a divulgar seus produtos ou serviços eles farão parte da sua identidade na internet, pode ser aquela vendedora de bolsas, aquele programador, aquela designer ou aquele massagista. A partir do momento que você divulga vendendo produtos ou serviços, você se declara um vendedor ou um prestador de serviço. Isso fará parte de como as pessoas veem você, então aceite esse fato e abrace-o.

Onde vender?

Venda em todo lugar em todo momento, use e abuse das redes sociais, do whats ou dos encontros sociais (que estão mais difíceis no momento, sabemos).

Erro muito comum é a pessoa não querer ser vista como alguém tentando ganhar dinheiro, acabam se ocultando ou não se divulgando, mas você é seu maior vendedor, não se iniba, como já disse antes, abrace seu lado profissional e vendedor.

A ideia é que você é o que você vende, se vende bolsas fale mais sobre bolsas, se vende bijuterias, fale mais sobre isso, fale sobre seus serviços, conte histórias de como resolveu um problema, ou mostre como ficou bonito o cartão que fez. Deixe que as pessoas saibam o que você faz e como você gosta de fazer. Isso é a divulgação boca-a-boca e é muito eficiente pra quem está começando do zero, o próximo passo é propaganda especializada.

Conforme você utiliza as redes sociais e seus amigos pra divulgar seus produtos e serviços seu negócio dará seus primeiros passos, porém isso, claro, não será suficiente por muito tempo visto que sua rede de amigos e contatos nas redes sociais é limitado. Por tanto, invariavelmente você precisará investir em propaganda, seja um simples panfleto ou divulgação pelo google ou Facebook, será preciso investir algum dinheiro em propaganda e é bom já ir separando uma porcentagem das suas vendas pra isso ainda que você não esteja gastando com isso no momento, tenha uma reserva para propaganda sim e faça isso o mais rápido possível.

No início se preocupe em começar, não tanto em quanto vai ser seu ROI (do inglês retorno sobre o investimento) ou espere grandes resultados, no início é sempre difícil mesmo e leva tempo até acertar a mão mesmo que você seja especialista em propaganda e marketing. Sendo leigo e sem experiência em anunciar na internet e sem verba pra contratar um profissional ou uma empresa especializada, permita-se experimentar e errar, teste mesmo e é por isso que a verba de propaganda deve ser pensada dês de o começo das vendas. Afinal você não quer ficar tirando dinheiro do próprio bolso pra não ter resultado, mas isso pode acontecer e é bom que esteja preparado. Na verdade, verba para propaganda é algo que até profissionais e empresas com anos no mercado negligenciam e acabam ficando estagnadas sem saber o porquê por não entenderem a importância da divulgação.

Como receber pagamentos?

Não há duvidas de que a cada dia fica mais fácil para pessoas físicas receberem pagamentos de todos os meios disponíveis. As empresas já entenderam a importância dos micro negócios e não querem ficar de fora disso, ter uma maquininha pra receber cartão é muito fácil, relativamente barato e é a solução ideal para recebimentos presenciais, quando você prestar serviço presencialmente ou entrega pessoalmente seu produto. Ainda podemos lançar mão de serviços de pagamento como PagSeguro, PayPall ou Mercado Livre, dependendo do caso.

Enquanto para divulgar produtos poderíamos usar as redes sociais, fazer todo o processo de recebimento pela internet necessita de um site especializado nisso e vendendo produtos fora do seu bairro ou estado será preciso muito mais do que uma maquininha, é preciso um sistema para que seu cliente possa, de forma segura, efetuar o pagamento se protegendo de fraudes e oferecendo alguma segurança ao cliente final.

Mesmo nesse momento você talvez não precise ter um site ou e-commerce pra isso, lembrando que estou falando de pessoas ou empresas que estão iniciando, o custo de criar uma ferramenta do zero ou contratar um serviço de loja virtual pode ser muito caro. Para esses casos podemos lançar mão de soluções como o mercado livre que é uma excelente plataforma onde você pode colocar seus produtos a venda no Brasil inteiro pagando uma taxa sobre o vendido ao invés de se preocupar com uma mensalidade de custos de provedor, sistemas, hospedagem, desenvolvedor…. Eu sei, seu produto é especial e merece um espaço especial, mas enquanto sua receita não permite isso, aceite uma solução mais simples a fim de mitigar seus gastos no início e, no futuro, conforme seu projeto evolui você possa investir em um site ou e-commerce próprio.

O mais importante é fazer com que seu negócio consiga se manter sem a necessidade de aportar cada vez mais dinheiro sem previsão de retorno, não tenha pressa, deixe seu negócio e você amadurecer. Com o tempo e mais experiência seu negócio se tornará mais sólido e lucrativo o que leva ao meu mantra

Seja ambicioso, não afobado

Nosso objetivo com um negócio é ter sucesso, geralmente financeiro, claro que queremos ganhar rios de dinheiro, claro que queremos chegar ao nosso objetivo o mais rápido possível. Porém crescimento leva tempo e tempo é o que mais precisamos investir em um projeto. Não pense que pegando a rescisão do seu contrato de trabalho e dando pra uma empresa de marketing vai mudar sua vida ou que apenas aquele curso de 15 mil Reais é a solução definitiva de todos os seus problemas. Dê tempo para as coisas acontecerem, veja como se desenvolve o seu projeto, fique atento as falhas (que não são limitadas ao tom de verde do botão comprar*), veja no que pode estar errando e como melhorar. Ter um negócio não é um fim, mas sim, um processo.

Programe-se para sempre ter relatórios de tudo, principalmente com relação aos seus custos e vendas. Converse sempre com seus clientes, sobre o que acharam do produto ou serviço, se tem alguma coisa que poderia ter sido melhor.

Ninguém é prefeito, sempre podemos melhorar então, preocupe-se em sempre oferecer o melhor produto ou serviço e o sucesso virá invariavelmente com o tempo.

Espero que este pequeno texto tenha te ajudado a dar uma direção em seu caminho. Eu vou ficando por aqui, obrigado e até a próxima.


*Já faz alguns anos uma empresa ficou pedindo pra mudar o tom de verde do seu botão “comprar” semanalmente porque leu em um artigo que o botão verde gera mais cliques, eles não faziam mais que duas vendas por dia e queriam “achar o tom perfeito”, mas com uma amostragem tão pequena, é claro que não conseguiriam um resultado plausível. Esse é só um exemplo de esforço gasto no lugar errado muito vívido na minha memória.